Artigos com etiqueta : metasearch

Apresentamos o painel Mirai Metasearch para gerir a sua estratégia de metas

In Englishen españolen français.

O mundo dos mecanismos de metapesquisa, já por si complexo, está repleto de reviravoltas e novidades dos principais atores, o que, para o hoteleiro, o torna cada vez mais difícil de gerir. Investimentos, custos por clique, custos por aquisição no momento da reserva ou no momento da estadia, visibilidade, reservas, produções, rentabilidade, mercados, dispositivos, reconciliação de reservas ou modelos de atribuição são apenas algumas das variáveis a conhecer e a gerir.

Se acrescentarmos o facto de ter de o fazer para cada um dos mecanismos de metapesquisa (Google Hotel Ads, Trivago, TripAdvisor, Kayak ou Skyscanner), percebemos o quão trabalhoso é para o hoteleiro gerir e levar a bom porto a sua estratégia em metas.

Se finalmente analisarmos a evolução dos mecanismos de metapesquisa nos últimos anos com crescimentos vertiginosos de clientes e de investimentos por parte dos hotéis, atingindo até 64% do total, compreenderemos a frustração do setor por se deparar sem ferramentas para abordar todos estes desafios.

Painel Mirai Metasearch

Com o objetivo de tornar o que é complicado em algo fácil e rápido, inauguramos o painel Mirai Metasearch, um painel completo onde pode conduzir a sua estratégia em metas com precisão e sucesso e com total conhecimento do que está a acontecer, onde e quando.

O painel Mirai Metasearch está disponível:

Visibilidade e controlo num único ecrã

Uma das tarefas mais lentas e morosas é saber, mecanismo a mecanismo, o que está a acontecer. Quanto estou a investir? Quantas visitas gero? Converto estas visitas em reservas? Quanto dinheiro estou a ganhar? E o mais importante, estou a ganhar dinheiro? 

Abordamos esta questão assim que entra num painel simples e direto que reúne numa única imagem as informações de todos os mecanismos de metapesquisa, adicionando todos os investimentos e produções, para lhe fornecer uma foto global da sua estratégia em metas.

Mirai inaugura panel metasearch

Business Intelligence

Mas uma foto global fornece o mais importante num só momento. Para aprofundar ainda mais, incorporámos um módulo de Business Intelligence que lhe dará um controlo total dos dados a serem analisados: a taxa de conversão, as visitas, o custo, as reservas ou os retornos são alguns exemplos. Pode definir de forma cómoda a data em que deseja consultar os dados (a semana passada, o mês passado, a partir do ano ou datas personalizadas… você escolhe).

Todos os dados são exibidos de forma bastante visível em formato de gráficos. Pode visualizar até 3 de cada vez e combinar mais do que um valor em simultâneo. Além do formato gráfico, também apresentamos tudo, a qualquer momento, em formato de tabela exportável em Excel.

panel-metas-Mirai-2

Analize os seus resultados por mercado, por dispositivo e por mecanismo de metapesquisa

Obter um retorno de 10x não é o mesmo que obter um retorno de 12x no Google Hotel Ads e 8x no TripAdvisor (ou vice-versa) ou saber que nos EUA os dados são 15x, enquanto que em Espanha são apenas 7x.

Os dados globais ou agregados são sempre importantes para ter uma “visão geral”, mas nunca para o processo de otimização e de tomada de decisão. Por outro lado, na ausência de dados desagregados, muitos hotéis tomam decisões com base em dados globais, o que os leva a tomar decisões erradas. 

No Business Intelligence incorporado no painel Mirai Metasearch, pode visualizar os seus resultados por mecanismo de metapesquisa, por mercado, por dispositivo, por hotel ou por dia, encontrando claramente os pontos de melhoria para poder tomar as decisões adequadas.

Mirai inaugura panel metasearch

Um exemplo de resultados agrupados por mercado emissor para compreender corretamente os pontos que exigem a sua atenção para melhorar:

Mirai inaugura panel metasearch

Aplique os filtros necessários para encontrar o resultado que procura

Da mesma forma que possuir os dados globais não é suficiente, não basta ver os resultados agrupados por mecanismo de metapesquisa, mercado ou dispositivo. Em muitos casos, é necessário aprofundar mais a pesquisa. Pretende analisar apenas um grupo de hotéis e não todos? Ou um conjunto de mercados como EUA + Canadá ou Reino Unido + Irlanda? Seria fantástico poder fazê-lo, certo? Também é possível e é nestes detalhes que está a diferença. Para isso, incorporámos filtros poderosos e flexíveis, para que encontre exatamente os dados que procura.

Mirai inaugura panel metasearch

Atribuição de último cliqueou de reservas assistidas

Um dos grandes debates em marketing online e mais precisamente nos modelos de negócios comissionáveis é o chamado “modelo de atribuição”.

Curiosamente, o modelo clássico de quase todos os meios é o CPC – custo por clique- no qual pagamos X cêntimos por cada clique. Para avaliar a rentabilidade deste investimento, é necessário medir a produção gerada e calcular o ROI. É aqui que surge o debate:

  • Avalio as vendas de “último clique”, de acordo com os relatórios do Google Analytics (na sua configuração padrão)?
  • Avalio as vendas não apenas do “último clique”, mas também as “assistidas” a qualquer momento?
  • Se avaliar as “assistidas”, quanto tempo dou de margem? Os clássicos 30 dias que parece terem-se tornado padrão?
  • O que acontece aos modelos de comissão? Aplicam a medição da mesma forma?

Qual é, então, o modelo de atribuição correto: “reservas por último clique” ou “reservas assistidas”? 

  • A visão de “reservas assistidas” faz muito sentido, uma vez que recompensa todos os que participaram numa reserva, o que não corresponde apenas a 1, 2, ou 3, mas até 10, em muitos casos. Oferece mais uma visão de negócio e dos vários canais que existem no cliente.
  • Por outro lado, se valorizarmos todos os mecanismos de metapesquisa de uma forma “assistida”, não estaríamos a contabilizar as mesmas reservas em diferentes mecanismos de metapesquisa? É verdade, de facto, e pode fazê-lo em duplicado ou triplicado. Para ver os dados exatos das produções, devemos visualizar por “último clique”, embora não seja possível medir a distribuição do mérito de cada mecanismo de metapesquisa.

Não existe, efetivamente, uma forma “correta” e outra “incorreta”. Ambas são relevantes e úteis e, como hoteleiro, deve conhecê-las, geri-las e, acima de tudo, poder calculá-las facilmente.

 Para solucionar este problema, adicionámos ao painel Mirai Metasearch a funcionalidade de alterar, com um único clique, a visualização de “atribuição do último clique” para “atribuição assistida”. Verá que determinados resultados não alteram (como cliques ou custo), mas outros sim (reservas, produção, comissão ou ROI).

Mirai inaugura panel metasearch

 Exporte tudo em Excel e continue a sua análise

Sabendo que as informações dos metas são apenas parte dos seus investimentos totais ou que gosta de analisar tudo à sua maneira, permitimos o download de todos os dados no formato csv para incorporá-los aos seus modelos existentes do Excel e cruzar os dados com outras fontes (PMS, gestor de canal ou agências de marketing).

Mirai inaugura panel metasearch

 

Gestão de lances

Um dos próximos passos que incorporaremos ao nosso painel será a possibilidade de gerir lances de CPC em diferentes motores de meta-pesquisa de maneira simples e independente. Essa funcionalidade é essencial e a incorporaremos o mais rápidamente possível.

Não é algo novo para nós, pois, atualmente, as nossas equipas de marketing digital já trabalham com um painel de gestão de lances, mas é uma ferramenta interna não tão desenvolvida para o hoteleiro (embora alguns a usem) e com algumas desvantagens que convém conhecer muito bem.

Listas de reservas e atribuição por reserva

Outro dos grandes desafios de uma estratégia correta de mecanismos de metapesquisa é a possibilidade de identificar facilmente as reservas que foram geradas pelos diferentes mecanismos de metapesquisa. 

Esta funcionalidade é muito importante para os modelos de comissão, como o Google Hotel Ads Commission Program (GHACP) e onde os hotéis podem conciliar de forma fácil e ágil as reservas, verificando se a reserva estava correta, cancelada ou modificada.

Mirai inaugura panel metasearch

Dispor das reservas (ocultando quaisquer dados pessoais que identifiquem o cliente) também nos permitirá compreender melhor o nosso cliente e os seus hábitos de consumo, além de poder conhecer melhor as reservas que passaram por um, dois ou mais mecanismos de metapesquisa (onde apenas um é o “último clique” e os restantes “de forma assistida”). No exemplo seguinte, vemos uma reserva na qual tanto o TripAdvisor com o Google Hotel Ads participaram.

Mirai inaugura panel metasearch

Quero ter acesso ao painel Mirai Metasearch, o que devo fazer?

Se for cliente da Mirai (seja do nosso motor de reservas ou da Mirai Metasearch):

  • Fique descansado, a nossa equipa de Marketing e Metas continua a gerir e a monitorizar as suas campanhas para obter uma rentabilidade máxima para cada euro investido. Fazemos o trabalho por si.
  • Se também pretende acesso ao painel, facultá-lo-emos sem problema. Quanto mais visibilidade tiver, melhor. Entre em contacto com o seu gestor de conta e ele informá-lo-á acerca dos passos a dar.

Se não for cliente da Mirai (nem do nosso motor nem da Mirai Metasearch) e quiser saber mais, encontrará toda a informação necessária em Mirai Metasearch.

Análise do Room Booking Module do Google e o seu impacto na venda directa

In Englishen español, en français.

Há cada vez menos dúvidas sobre a importância do Google Hotel Ads (GHA) como o mecanismo de metapesquisa com o maior crescimento, ultrapassando já 60% de todo o investimento em metas. Além disso, o Google avança rapidamente e não pára de nos surpreender de vez em quando com novos desenvolvimentos: Book on Google, incluindo  via Assistant, Google Travel, Interface e filtros melhorados ( In English), Price Graph, Room Clustering,…  e uma funcionalidade que lançou há muito tempo, mas que ainda é algo desconhecida: Room Booking Module (RBM)

O que é o Room Booking Module ou RBM?

O que é o Room Booking Module

O RBM é uma secção adicional que o Google adicionou sob os diferentes preços dos hotéis apresentados para datas específicas. Além dos preços, inclui fotos e características para os diferentes tipos de quartos que o hotel possui, podendo iniciar a reserva de qualquer um deles a partir do mesmo módulo.

 

Ao contrário dos resultados padrão dos Google Hotel Ads, o utilizador que reserva a partir do RBM é redirecionado para o processo do Book on Google (BoG), sendo o RBM a primeira funcionalidade do Google que requer a utilização do BoG para participar na mesma.

 qual é a diferença entre RBM e campanhas standard google

Participar no RBM também significa carregar conteúdo específico no Google. Além dos preços, também é necessário carregar fotos, políticas de cancelamento, regimes e descrições de cada um dos quartos e taxas.

Este requisito e a dependência do Book on Google significam que existem poucas Agências de Viagens Online a concorrer com este módulo, o que é uma grande oportunidade para o hoteleiro, que obtém bastante visibilidade do canal direto. A ausência do Booking.com no Room Booking Module é surpreendente, ao contrário da Expedia.  Além disso, nos casos em que existe outro concorrente, geralmente o hotel fica na primeira posição, à frente dos restantes.

Primeira análise de desempenho do Room Booking Module

Existem muito poucos estudos sobre o funcionamento e o negócio potencial do RBM, portanto, na Mirai, analisámos os nossos dados agrupados durante o segundo trimestre de 2019, e as conclusões são as seguintes:

  • Mais visibilidade. O impression share (os horários em que a entrada direta do canal é impressa) do RBM é 16% superior ao do Hotel Ads, beneficiando da menor concorrência de outros concorrentes.
  • Pior CTR ou click-through-rate: o CTR do RBM é 74% inferior à entrada padrão do Hotel Ads, talvez afetado pela posição atual deste módulo, que se localiza sob a secção base do GHA com a comparação de canais e preços e que, em determinadas ocasiões, o utilizador não consegue visualizar. Acabámos de saber que o Google já está a testar localizações diferentes deste módulo para melhorar o CTR. Koddi comenta esta publicação.
  • Mais visitas incrementais. O RBM representa quase 4% de todas as visitas do Google Hotel Ads em junho, com uma clara tendência ascendente, começando em 1,5% em janeiro.

rbm clicknshare

  • Primeira posição. Uma das surpresas mais interessantes para o canal direto é que a posição média do anúncio no RBM é 1.001, quase imbatível.
  • Menor CPC ou Cost-per-click. Limitando a análise aos hotéis que estão no modelo CPC (a maioria está no programa de 10% de comissão), o custo médio é significativamente inferior no RBM: 47% inferior.
  • Mais conversão. A conversão varia bastante dependendo de se tratar de uma venda doméstica (no próprio país do hotel), onde o RBM converte praticamente da mesma forma que o padrão GHA, ou de uma venda internacional (de um país diferente do país onde o hotel se localiza), onde ocorre o oposto e o RBM converte 25% a mais.
  • Mais reservas. Em junho, mais de 4% do total de reservas do Google Hotel Ads é já proveniente do RBM, um número que tem vindo a crescer constantemente desde o início do ano.

rbm share bookings

  • Valor médio de reserva inferior. Atualmente, o RBM funciona de pior forma do que no Hotel Ads padrão, com um valor médio de reserva em junho 19% inferior. De qualquer forma, a tendência que observamos é positiva e melhora mês após mês.
  • Maior rentabilidade. Obviamente, os hotéis que participam no programa de comissão de 10% têm um ROAS de 10, sendo que isto também acontece no RBM. Para aqueles em CPA ou CPC, a rentabilidade do RBM é o dobro da geral do GHA.

Conclusão

Parece evidente que o RBM é uma boa oportunidade para aumentar as vendas diretas dos hotéis.

  • É uma “montra” adicional que acrescenta possibilidades. Não se trata de substituir o Hotel Ads padrão pelo RBM, mas de acrescentar um espaço nos resultados do Google.
  • Existe muito menos concorrência: mais visibilidade a um custo inferior
  • Melhora a rentabilidade das suas campanhas se estiver num modelo diferente do modelo de comissão do Google GHACP.
  • Aumenta o volume de reservas diretas. Um aumento muito atrativo no momento da ativação do RBM com um único clique.

Tendo em conta que supomos sempre a atribuição direta, todos estes números podem crescer ainda mais se nos focarmos nas conversões assistidas, o que aumentaria o potencial para níveis mais relevantes.

Não devemos ignorar uma possível “canibalização” entre o RBM e o Hotel Ads da qual não possuímos dados, mas que poderia existir. De qualquer forma, a comparação consiste em verificar se o volume das duas somas combinadas (o RBM e o Hotel Ads) é superior ao volume do Hotel Ads, e tudo parece indicar que sim. Portanto, é incontestável que o Room Booking Module possui uma componente de aumento elevada.

Não encontramos motivos para que não tenha o Room Booking Module ativo, pelo contrário, só encontramos motivos para que o faça. Entre em contacto com o seu fornecedor do Google Hotel Ads e solicite que o ative o quanto antes. Na Mirai, todos os nossos clientes já usufruem das suas campanhas no RBM em todos os países onde o Book on Google foi lançado.

Para mais informações sobre como potenciar o seu canal directo nos mecanismos de metapesquisa, visite o nosso site ou contacte-nos via metasales@mirai.com

Mirai Metasearch, a solução avançada que liga a sua venda direta aos mecanismos de metapesquisa

In Englishen españolen français.

O que é a miraimetasearch?

A solução que lhe permite ligar a venda direta do seu hotel aos diferentes comparadores de preço (mecanismos de metapesquisa ou metasearch) que são, atualmente, as principais montras online onde o cliente realiza as pesquisas.

solução que lhe permite ligar a venda direta aos diferentes comparadores de preço

A que mecanismos de metapesquisa efetuamos ligação?

mirai metasearch mecanismos de metapesquisa

Os mecanismos de metapesquisa são assim tão importantes?

São e serão ainda mais. Atualmente, 72% dos turistas recorrem aos mesmos para escolher o site onde reservar. Recentemente publicámos um post onde apresentávamos os pesos por cada mecanismo de metapesquisa e as tendências nos últimos anos. Os mecanismos de metapesquisa consolidam-se como uma fonte de tráfego muito importante.

Tenho um motor de reservas que não é o Mirai, posso contratar a miraimetasearch?

Sim. A nossa solução é totalmente compatível com qualquer motor de reservas. Não é obrigado a utilizar o motor da Mirai para poder trabalhar com a mesma.

Quanto custa a miraimetasearch?

As condições variam conforme o número de hotéis e os mecanismos de metapesquisa a contratar. Visite https://pt.mirai.com/servicos/metasearch/ e entre em contacto com a nossa equipa de especialistas, que o ajudará.

Sou cliente do motor de reservas da Mirai, tenho de pagar algo a partir de agora?

Não. A miraimetasearch é um serviço novo para os hotéis que NÃO utilizam o motor da Mirai.

Todos os nossos clientes do motor de reservas da Mirai têm TODOS os mecanismos de metapesquisa incluídos e SEM custo.

  • Se estiver atualmente em mecanismos de metapesquisa, não precisará de fazer nada nem de pagar.
  • Se ainda não estiver em mecanismos de metapesquisa, entre em contacto com o seu gestor de conta para obter mais detalhes.

O que é necessário para poder trabalhar com a miraimetasearch?

Precisará apenas de um channel manager ou PMS com o qual tenhamos integração. Atualmente, estamos integrados com a grande maioria e continuamos a incorporar novos.

Que clientes já confiam na miraimetasearch?

Cadeias como a Iberostar, Catalonia, Medplaya, Zafiro, RH Hotels, Sandos, Fergus e THB Hotels já estão presentes com a sua venda direta em mecanismos de metapesquisa, recuperando a cota das Agências de Viagens Online.

mirai metasearch cadeias

A miraimetasearch é exclusiva para hotéis ou cadeias?

A nossa solução liga os hotéis aos mecanismos de metapesquisa.

Se for uma empresa tecnológica (motor de reservas, channel manager, pms, etc.) ou uma agência de marketing e os seus clientes hoteleiros estiverem interessados na Metapesquisa e não puder oferecer o serviço, entre em contacto com a nossa equipa de especialistas para encontrar soluções. Podemos fornecer a tecnologia e a experiência da miraimetasearch não só a hotéis, mas também a empresas intermediárias.

Estou interessado em saber mais, o que devo fazer?

No site https://es.mirai.com/servicios/metasearch/ encontrará muitos mais detalhes e informações, assim como um formulário de contacto.

Pode solicitar mais informações enviando um email para metasales@mirai.com.